fbpx
Últimas Novidades

A MORTE DO YOUTUBE GAMING E COMO ISSO AFETA OS STREAMERS?

fim youtube gaming

No último dia 30 de Maio o Youtube Gaming foi descontinuado, tanto os apps quanto o site deixarão de existir.

Houveram algumas especulações na internet sobre o Youtube “matar” o conteúdo de gamers mas de modo geral a comunidade de GAMERS nem sentiu falta.

Isso se deve à diversos fatores que vou explicar abaixo além da dúvida que fica no ar…será isso pode afetar os streamers e produtores de conteúdo de alguma forma?

capa e book modelo 2 1 - A MORTE DO YOUTUBE GAMING E COMO ISSO AFETA OS STREAMERS?

[Grátis] Baixe AQUI: GUIA COMPLETO do Streamer INICIANTE
Passo a passo definitivo de como criar a sua audiência e ganhar dinheiro com ela.

A Google e seus produtos

Se você está na internet há alguns aninhos já deve ter reparado que alguns produtos da Google aparecem e somem do nada.

produtos google antigos - A MORTE DO YOUTUBE GAMING E COMO ISSO AFETA OS STREAMERS?

Essa estratégia é usada pela empresa para testar uma infinidade de recursos gastando pouco. O que dá certo ela mantém e o que dá errado ela deleta da existência.

A título de curiosidade vou deixar abaixo alguns produtos que a Google “descontinuou”:

  • Google Talk;
  • Orkut;
  • Picasa;
  • Google Reader;
  • Google Wave;
  • Google Googles;
  • Google Inbox;
  • Entre uma infinidade de outros produtos.

Então qualquer produto que seja criado e a Google considere não estar dando certo pode sumir da noite para o dia!

Como os GAMERS DOMINARAM o Youtube

Há uma década atrás nenhuma empresa permitia que jogos fossem divulgados na internet. Com o Youtube ficando cada vez mais popular, as empresas proibiam constantemente postagens de vídeos de gameplay.

Esse pensamento era devido as desenvolvedoras de jogos acreditarem que ao mostrar o jogo gratuitamente online as pessoas perderiam o interesse de comprá-lo o que as deixaria no prejuízo.

dominação gamer - A MORTE DO YOUTUBE GAMING E COMO ISSO AFETA OS STREAMERS?

Porém tudo mudou quando o Minecraft surgiu e a Mojang decidiu liberar pra todos gravarem gameplays. Até então as maiores empresas de games do mercado tinham um comportamento padrão que era proibir a postagem de conteúdos de gameplays na internet.

Quando a Mojang liberou a postagem de conteúdos de Minecraft ouve uma explosão de gameplays no Youtube. Isso fez com que os gamers fizessem tudo o que o Youtube precisava na época.

As gameplays tinham muita retenção de público, muitos likes, comentários, etc. Essa foi a era do outro para os gamers em geral! Muitos fizeram fortunas e na época o Youtube basicamente se tornou um “site de games”. Como eram os vídeos com mais engajamento eram os mais recomendados por todo o site.

A partir disso o mercado dos games mudou completamente e com o sucesso de Minecraft devido a era do “compartilhamento”. Todas as empresas mudaram suas posturas (com exceção da Nintendo que ainda é bem ultrapassada nesse aspecto). O gameplay passou a ser muito mais tranquilo de ser feito sem problematização de direitos autorais.

Como o Youtube MATOU a Comunidade Gamer

O apocalipse chegou para os gamers no Youtube, mesmo atendendo a tudo o que o youtube queria para engajar o público, um belo dia por uma decisão estratégica o youtube decide que o conteúdo de gamers precisa de uma “seção” à parte e cria o “Youtube Gaming”.

Com a promessa de que os gamers teriam mais destaque e melhores monetizações, porém isso nunca aconteceu.

youtube malvado - A MORTE DO YOUTUBE GAMING E COMO ISSO AFETA OS STREAMERS?

Na verdade um bom tempo antes do lançamento do Youtube Gaming, os vídeos de produtores de conteúdos Gamers que tinham muito destaque na plataforma, gradualmente foram “sumindo”. O alcance deles diminuiu e também as recomendações (além de nunca mais terem aparecido na home).

Muitos produtores gamers tiveram que se adaptar e mudar completamente a forma como produziam conteúdo. Alguns exemplos como o RezendeEvil, o CoisaDeNerd e o GameplayRJ que mudaram seus formatos e continuaram crescendo.

Mas essa não é uma realidade para todos. Alguns canais perderam muito engajamento tendo milhões de seguidores e pouquíssimas visualizações prejudicando muito os “youtubers gamers”.

Adotados pela Twitch

Depois de muitos produtores terem ficado “órfãos” do youtube, começaram a surgir diversas plataformas de stream como a Twitch, a falecida Azubu e hoje em dia uma infinidade de outras como a Cube, Streamcraft, Nimo, etc.

Nessas plataformas os gamers e o público que também sentiu falta do conteúdo que foi praticamente deletado da plataforma de vídeos Youtube conseguiram continuar vivos.

amor twitch - A MORTE DO YOUTUBE GAMING E COMO ISSO AFETA OS STREAMERS?

As streams mudaram completamente a forma como as pessoas construíam conteúdo. O conteúdo que acontecia em tempo real e com a participação ativa da audiência além de ter revelado novas celebridades.

Hoje em dia há até outras vertentes de streams que não sejam gamers mas em grande parte o grosso do conteúdo produzido por streams disparado é puramente gamer.

As streams no Youtube

Em meados de 2017 surgiram diversos diversos “Streamers Youtubers” que fizeram muito sucesso repentinamente pois o Youtube estava incentivando as pessoas a utilizarem mais o recurso (provavelmente devido a concorrência pesada com a Twitch e similares).

Youtubers gamers como Nicole Diretora e Squallzera entre muitos outros explodiram na plataforma e começaram a crescer bem rápido (fazendo lives para públicos enormes que batiam de frente para os públicos que até então eram apenas de top streamers na Twitch).

Porém todos os streamers do youtube no início de 2018 começaram a ter “quedas bruscas de audiência”. Chegando a perder até 90% do público que os assistiam.

live no youtube - A MORTE DO YOUTUBE GAMING E COMO ISSO AFETA OS STREAMERS?

Tive o privilégio de ter um contato bem próximo com alguns desses “Youtubers streamers”. Foi exatamente na mesma época que a morte do conteúdo em stream de gamers também morreu no Youtube.

Essa percepção é pessoal minha e o rebuliço em cima de tal cenário foi bem menor comparado aos Youtubers Gamers padrão mas eu vi acontecer em tempo real.

E acreditem quando eu digo, é muita coincidência um streamer ter todos os dias uma audiência de 3 mil pessoas e no dia seguinte ela cai pra 100 pessoas e não sobe mais.

Se fosse apenas com um streamer eu até entenderia mas isso aconteceu quase que simultaneamente com diversos streamers no Youtube. Assim como ocorreu também com os gamers youtubers regulares eles acabaram migrando pra outras plataformas.

O fim do Youtube Gaming

Pelo óbvio fracasso da plataforma, o Youtube Gaming foi descontinuado no último dia 30 de Maio de 2019.

O youtube matou o conteúdo gamer da plataforma e os remanescentes ou foram para plataformas de streams, ou faliram ou se adaptaram para continuarem relevantes.

morte do youtube gaming - A MORTE DO YOUTUBE GAMING E COMO ISSO AFETA OS STREAMERS?

Obviamente o Youtube percebeu que toda a comunidade gamer estava crescendo muito em outras plataformas. O seu site “Youtube Gaming” estava às moscas e decidiu descontinuar o projeto.

Na teoria o conteúdo gamer voltará para o site principal mas ninguém sabe dizer ao certo se isso será bom ou ruim para a comunidade gamer.

Uma coisa é fato, a comunidade gamer não confia mais no Google e no Youtube depois do ocorrido e duvido que voltará a confiar novamente como antes.

Isso vai afetar as streams como um todo?

Não preciso nem dizer que fora do Youtube obviamente isso não terá efeito certo?

Porém dentro do youtube acredito que dois cenários podem acontecer, um neutro e um positivo.

mercado streamer - A MORTE DO YOUTUBE GAMING E COMO ISSO AFETA OS STREAMERS?

O neutro tem esse nome pois simplesmente não tem como PIORAR MAIS a situação dos gamers na plataforma. A não ser que vire uma ditadura e proíbam vídeos de gamers lá (o que é quase impossível). Então na pior das hipóteses o cenário vai continuar exatamente a mesma coisa.

Vídeos desmonetizados, baixas views, baixo alcance e baixo engajamento é uma realidade que todo Youtuber Gamer já se acostumou (infelizmente). E sim isso afeta gamers sejam eles pequenos ou grandes.

Já o cenário positivo são os vídeos gamers voltarem a serem normalmente recomendados. Exatamente como acontecia antigamente e os gamers voltem a ser relevantes no site.

Porém na minha opinião sincera eu acredito que por algum motivo estratégico os executivos do Youtube não querem o conteúdo de gamers no site.

Caso as regras sejam aplicadas igualmente aos outros vídeos, os gamers novamente dominarão o site e por algum motivo não querem isso.

Claro que são apenas suposições, porém eu duvido que estejam muito longe da verdade.


Bom gente, é isso! Fiz com carinho esse post pra dar minha opinião sobre essa situação e sobre o futuro do mercado.

Grande abraço e espero que tenham gostado!

Share:
Danilo Benetti

1 comment

Leave a reply

[GRÁTIS] GUIA COMPLETO do Streamer Iniciante

Aprenda o passo a passo de como ser um streamer de alto nível, aprenda a construir uma audiência e a ganhar dinheiro com ela.